“Isto se ensina? Não. Se em-sina... Com o testemunho autêntico de nossa presença humana, ajudando o outro a colocar-se em sua própria sina, a cumprir a sua própria destinação...Mistério? Sim. Isso não se esclarece... se profundiza.” (Marcos Ferreira Santos)



segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Artigo: Arteterapia e Mitologia Criativa - Revista Trama


É com grande alegria que compartilho com vocês mais uma publicação minha, na Revista Trama do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Educação, Arte e História da Cultura do Mackenzie, onde discorro sobre O Caminho do Herói, Mitologia pessoal, Sherazade... e como trabalhar com mitos e contos em Arteterapia, boa leitura!
Arteterapia e mitologia criativa*
Patrícia Pinna Bernardo

"A necessidade de declarações míticas é satisfeita quando concebemos uma visão do mundo que explica de forma satisfatória o sentido da existência humana no cosmo, uma visão que surge de nossa totalidade psíquica, da cooperação entre o consciente e o inconsciente. A falta de sentido inibe a totalidade da vida e,portanto, equivale à doença. O sentido torna um monte de coisas suportável – tudo talvez. Nenhuma ciência irá algum dia substituir o mito, e o mito não pode ser criado por nenhuma ciência. Pois não é que “Deus” seja um mito, mas que o mito é a revelação de uma vida divina no homem" (JUNG, 1994)
-
RESUMO
-
A perspectiva mito-hermenêutica, em sua interface com a psicologia analítica, fundada por C. G. Jung, e com a arteterapia, ajuda-nos a compreender o sentido que podem adquirir as atividades artísticas, quando colocadas a serviço de proporcionar à alma uma linguagem por meio da qual ela possa exprimir-se, fornecendo-nos uma fundamentação teórica que embasa a utilização de diferentes recursos arteterapêuticos nos campos terapêutico, pedagógico e preventivo, promovendo a saúde mental. Tentando construir pontes entre nossa história de vida e a trama coletiva na qual ela está inserida, começamos a trabalhar sobre nossa mitologia pessoal. Com isso, podemos encontrar grandes padrões universais, reconhecendo-nos nas tramas mitológicas e reconhecendo-as em nossas histórias vivenciadas. Perceber-nos como parte dessa totalidade nos enriquece como seres e nos coloca como cidadãos do Universo, como partícipes dessa grande sinfonia cósmica à qual trazemos nosso “tom”.
-
Palavras-chave: mitologia criativa, arteterapia, psicologia analítica, mito-hermenêutica, saúde mental.
-
*Artigo publicado pela Revista Trama Interdisciplinar - Revista do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Educação, Arte e História da Cultura, Vol 1, No 2 (2010)
.
Ou o solicite pelo meu e-mail: pat.pinna@uol.com.br

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

3a Jornada de Saúde e Espiritualidade - 12/03

Dia 12 de março eu estarei na 3a Jornada de Saúde e Espiritualidade lançando os meus livros em São Carlos e dando a palestra: "Arteterapia e Individuação".
O evento vai acontecer na Associação Universalista Semeadores da Fé, que se localiza na rua Cesar Ricome, 865, próxima da rodoviária. O local suporta confortavelmente 50 pessoas, por isso, esse será o número de vagas. Apesar de ser um evento gratuito, pede-se que as pessoas interessadas em participar doem roupas em bom estado de conservação ou brinquedos que serão doados para a ONG Nucleo Cultural Rosa de Nazaré, que atende crianças, jovens e adultos no bairro Antenor Garcia.
PROGRAMAÇÃO:

9 horas - vivência: roda de cura xamânica, com Samuel Souza de Paula - Colaborador da Universidade Livre do Meio Ambiente e da Cultura de Paz, focalizador de danças circulares e práticas xamânicas. É autor do livro Avatar: Jornada do herói, arquétipos e símbolos.
10h30 - vivência: TVI: terapia vibracional integrativa, com Adilson Marques - Doutor em Antropologia das Organizações e Educação pela USP. Coordenador das pesquisas realizadas pelo projeto Homospiritualis, entre os anos de 2001 e 2010. Autor de 21 livros, sendo 18 sobre espiritualidade, mediunidade e tratamentos bionergéticos.
14 horas - palestra: Saúde e Espiritualidade nos animais, com Alexandre Santos - médico-veterinário, sócio da clinica São Francisco e médium atuante no centro espírita nosso lar, na cidade de São Carlos.
15 horas - palestra - O Ectoplasma e sua função nos tratamentos psico-somáticos, com Matthieu Tubino. Pós-doutor em Química pela Université de Lausanne (Suíça) e autor de 2 livros sobre o tema: "Um fluido vital chamado ectoplasma (1997) e Saúde e Ectoplasma (2009).
16 horas - palestra - Arteterapia e individuação, com Patricia Pinna - Pós-doutora em Mitologia Criativa e Arte-terapia pela USP e coordenadora do curso de Arte-terapia da UNIP. É autora de vários livros, entre eles: A alquimia nos mitos e contos e a arterapia: criatividade, transformação e individuação.
17 horas - lançamento de livros dos convidados
Inscrições: pelo e-mail, enviando nome e endereço para homospiritualis_br@hotmail.com

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Vamos divulgar a Arteterapia!

Eu criei esse blog para comunicar, acolher e divulgar contribuições relevantes no campo da Arteterapia, constituindo-se assim num espaço para compartilhar, ampliar o olhar, profundizar... Sejam todos bem-vindos!
Vocês encontram textos sobre Arteterapia também em meu site: http://www.patriciapinna.psc.br/ e no meu outro blog: http://patriciapinna.blogspot.com/
_
.
"Estamos atualmente expostos a estímulos caóticos que não nos conectam com um sentido de vida mais profundo. Ao invés de agirmos sobre eles, passamos a reagir a eles, nos distanciando de nossas vivências internas. Diante desse quadro, as vivências arteterapêuticas (que quando associadas a mitos e contos podem ampliar o seu alcance) mostram-se como um inestimável recurso colocado a serviço da possibilidade de interação significativa com a realidade interna/externa. Essas vivências promovem o “sonhar acordado”, à semelhança do que ocorria em Epidauro, com a diferença que, agora, é como se Asclépio tocasse em nossas feridas com suas mãos através de nossas produções, falando à nossa consciência desperta, por ela se colocar de forma receptiva à sua atuação em nós, ativando o nosso fator de equilíbrio interior, e com isso a nossa capacidade de auto-cura e promoção de saúde e bem-estar." (BERNARDO, 2010, p. 242)*
_
*BERNARDO, Patrícia Pinna Arteterapia e Cuidados Paliativos: Mitologia Criativa e Qualidade de Vida (p. 233 a 243), in: SANTOS, F. S. (editor) Cuidados Paliativos – Diretrizes, Humanização e Alívio de Sintomas. São Paulo: Atheneu, 2010.